Sadismo

O sádico é aquele que sente prazer em impor sofrimento à outra pessoa ou que se deleita com o sofrimento do outro. Muitas vezes são pessoas que foram lesadas, boicotadas nos seus desejos e “descontam” no próximo.

Na maioria das vezes, são aqueles que claramente demonstram uma satisfação ou prazer maior em ouvir “desgraças”, tragédias, e dificuldades.
Geralmente, receberam pouco dos pais na afetividade, na atenção, no cuidado, no respeito, e isso foi reforçado ao longo da vida, recebendo desta também revés e perdas.

Passado por esse reforço, repetem nos que estão ao redor.
Isso não significa que invariavelmente todos aqueles que passaram por isso desenvolvem esse tipo de comportamento, mas estamos tratando aqui apenas esse comportamento sádico de desejar que o outro sinta, o que ele já sentiu.

Naturalmente, o sadismo pode estender-se de uma maneira muito mais ampla como na área sexual, por exemplo (o que é mais comumente relacionado), mas muitas vezes, não é relacionado a comportamentos na área social.
Nessa área, há um boicote evidente em sentir certo prazer em ver aquele filho, por exemplo, ou aquele colega, sem a possibilidade de conquistar o que deseja, e atingir a felicidade que almeja. Muito sutilmente é uma busca em minimizar a própria infelicidade, pois quando o outro perde ele se sente melhor, mais apaziguado, mais ressarcido.

Na área familiar isso muitas vezes ocorre em relação aos filhos, como: “Eu não tinha carro, você também não precisa. “Eu não segui a carreira que eu queria, você também pode escolher qualquer coisa.” Muitas vezes, esse “repeteco” traz escondido um comportamento mordaz e frustrado, sob a carapuça de ser durão, realista, etc…

Deleitar-se na infelicidade do outro, é sem dúvida a maior prova de desamor … a menos que se encontre outra pessoa que goste de sofrer, e também possua esse comportamento nocivo, distorcido e necessitado de cura.

Quando cair o teu inimigo, não te alegres, e quando tropeçar, não regozije o teu coração; para que o Senhor não o veja, e isso seja mau aos seus olhos e, desvie dele a sua ira“. Provérbios 24:17-18.

About these ads

6 opiniões sobre “Sadismo

  1. O enfoque dado ao sadismo em relações sociais ,é por sua vez muito válido deixando muito claro suas diversas faces de distorção uma vez que o sádico, em algum nível procura seu prazer em outras relações e não apenas no ato sexual.
    Ótima conclusão.

  2. 30/12/08 Comentário recebido: (o e-mail não estava correto e por isto não pode ser respondido diretamente)
    Sim o sádico tem prazer de fazer sofrer de ver o sofrimento por ele provocado ou acho que só o prazer de ver sofrer mesmo não causado por ele já é uma satisfação.
    Eu estou a sofrer a perda de um sonho provocado por uma irmã que me roubou esse sonho e está a ver o meu sofrimento regozijada…
    Também é muito invejosa e soberba quer ter tudo tirar ao outro o que ele tem e ter sempre mais e de mais valor.
    Vive só, não tem amor familiar despreza irmãos toda a familia e mãe esconde-se da luz do dia é anti social detesta as pessoas (…texto omitido…) tem um bom ordenado e só veste roupa em segunda mão (…texto omitido…).
    (…texto omitido…)
    Não tem respeito a ninguem e odeia as pessoas.
    (…texto omitido…)

    Marilena responde:
    Pelo seu relato, sua irmã possui distúrbios psíquicos graves e deveria ter uma consulta urgente com algum psiquiatra.
    Mas, também, pelo seu relato, parece que tal coisa ela não iria concordar em ir, não é mesmo?
    Vendo seu lado, o mais adequado seria que você se afastasse dela o maximo que pudesse e tentasse levar sua vida de uma maneira independente, evitando qualquer contato, seja pessoal, por telefone, familiar, etc…
    Pessoas assim são perigosas, e podem lançar mão de tudo para conseguirem infernizar as pessoas que estão próximas.

    Talvez alguma pessoa que ela confie e esteja mais próxima, possa ajudá-la e incentivá-la a buscar ajuda psiquiátrica.
    Pessoas ligadas ao trabalho dela, ou mesmo outros familiares.

    Quanto a vc, pela sua saúde emocional e mental, tente permanecer longe e evitar contatos.

  3. 28/09/09 Comentário recebido:
    Meu marido quase acabou com minha vida com seu sadismo.
    Torturou-me por muito tempo paquerando; olhando para mulheres na rua só para me humilhar. Passava seus e-mails para outras, na certeza que eu os abriria. Desconfiava que ele estava me matando nas unhas, mas só depois que consultamos o pscólogo foi quando ele o (sádico) disse ter feito algumas coisas (paquerar outras mulheres) para se vingar. Concluindo… o sádico te machuca; quando você reclama ele se desculpa com mais sadismo ainda. Cuidado quando forem se casarem. Publiquem isso; pelo menos pode ajudar alguém. Ele foi rejeitado pela mãe na infância. Confere com a matéria (muito boa).

  4. Concordo plenamente com esse artigo !
    O sádico age de maneira proposital…em troca se sente melhor ou conformado com a prática !

  5. 30/10/2013 Comentário recebido:
    Nossa… lendo esse texto, pude esclarecer muitas coisas e sobretudo nele reconhecer a figura de meu pai!
    A disfarçada dureza amarga no jeito de ser, a desculpa de ser realista… características que escondem a verdadeira personalidade de sádico que ele tem.
    É maldoso, cruel, faz questão de ser desagradável com os outros, a ponto de achar que está fazendo certo, que é pra os outros aprenderem o que é a vida!
    Fico triste em constatar, mas ao mesmo tempo feliz em saber que muitas vezes fui taxada como culpada sem tê-lo sido! Essas pessoas nos fazem sofrer muito…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s