TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

O Transtorno Obsessivo Compulsivo, normalmente, aparece antes dos 25 anos, ou seja, na infância e na adolescência. São comuns as repetições e os tiques nervosos.

Ainda não se sabe sobre as verdadeiras causas do TOC. Há alguns fatores que contribuem para o aparecimento dos sintomas que podem ser de ordem biológica e de ordem psicológica.

Sabe-se que é comum que os sintomas obsessivo-compulsivos podem aparecer durante uma doença ou um problema cerebral, como traumatismo craniano, encefalite ou acidentes vasculares. Podem também surgir durante o uso de certos medicamentos.

Uma grande incidência do TOC foi observada em grupos familiares, onde várias pessoas dessa mesma família são acometidas. Em gêmeos idênticos a incidência é de 20 a 40 vezes maior do que na população em geral. Daí a hipótese de ser uma doença que apresente um fator genético.

Os sintomas são diversos, de leves a graves. Alguns respondem bem à determinados medicamentos, outros não. Sua diversidade é tão grande, que o TOC normalmente é dividido em grupos como:

  •  início precoce
  • associado a tiques ou ao transtorno de Tourette (tiques motores e vocais)
  • relacionado a um tipo de bactéria que produz infecções de garganta e febre reumática

O TOC de início precoce está associado à ocorrência de transtorno em familiares, com sintomas mais graves e com menos resposta à medicamentos.

Observou-se também que quanto mais severo o TOC, maior prejuízo do funcionamento social do paciente, mesmo após o controle dos sintomas. Há uma menor incidência de casamentos estáveis entre seus portadores.

Alguns sintomas que podem ajudar na identificação de portadores do TOC:

  • preocupação excessiva em relação às coisas que estejam super organizadas, simétricas, definidas ou alinhadas
  •  lavar as mãos repetidas vezes ou tomar banho também repetidas vezes por sentir-se sujo ou culpado
  • verificação sistemática de portas, janelas, aparelhos elétricos, etc…
  • preocupação exagerada com doença, sujeira, vírus, germes, etc…
  •  idéias repetitivas que surgem de maneira incontrolável na mente, ou frases, ou imagens.

Note-se que falo aqui de itens que surgem de “maneira excessiva”.

Alguns medicamentos reduzem os sintomas. São medicamentos que elevam os níveis de serotonina. importante na transmissão de impulsos nervosos. Estes medicamentos bloqueiam o transporte da serotonina para dentro das células. São medicamentos do grupo de antidepressivos. A melhora é conseguida com um grande número de portadores.

A Terapia Comportamental tem-se mostrado eficiente com alguns pacientes, mas a internação psiquiátrica é necessária em alguns casos. Esse trabalho conjunto auxilia grandemente esses portadores que têm sua vida limitada por essa doença.

About these ads

8 opiniões sobre “TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo

  1. Marilena, quando eu era solteira, tinha mania de limpeza, pois minha mãe sempre queria tudo limpinho. E me irritava de ver alguém passar no lugar onde já estava limpo. Ter mania de limpeza também é sintoma de TOC? Por favor me responda. Rosi.

  2. Marilena responde:
    Há comportamentos “aprendidos” na infancia e que são repetidos ao longo da vida.
    É bem provável que sua “mania” por limpeza seja apenas um comportamento aprendido e repetido.
    No TOC, o indivíduo por exemplo, pode negar-se a se sentar em algum lugar antes de limpá-lo ou não sai de casa antes de limpar maçanetas de porta, etc…
    Caso esse comportmento esteja fazendo com que vc deixe de fazer suas tarefas e compromissos, podemos dizer que é um comportamento significativo e comprometedor. Caso vc só esteja deixando tudo sempre limpo, mas com certa flexibilidade não é tão preocupante assim.
    Observe só a exigencia com que vc o faz e se isso normalmente atrapalha sua vida e suas atividades do dia a dia.

  3. gostei da forma em que vcs explicam sobre a doença pois é uma doença pouco falada e muito complicada de se conviver eu sei porque a três anos descobri que a tinha; e até diagnosticar que era TOC foram meses de sofrimento porque as pessoas não entendem já logo acham que estamos malucos e que a única solução é internação sem saber que há tratamentos menos doloroso para nós .

  4. GOSTARIA QUE VOCÊS ME FALASSEM DE ANSIEDADE .PORQUE ESTÁ SENDO COMUM ESTE TIPO DE DOENÇA NA NOSSA VIDA SOCIAL.

  5. Marilena comenta:
    A questão da ansiedade tem sido mais comum pelo fato de nossa sociedade estar passando pelo momento mais estressante do TODOS os tempos. O indivíduo nunca esteve tão pressionado, tão amendrontado, tão adoecido em termos de familia e estabilidade emocional como nos últimos anos.

    A rigidez de se colocar “em ordem” as coisas, ou de se estabelecer limites em determinados comportamentos, seria a transferencia desse “colocar em ordem” essa sociedade tão caótica, instável, frágil e insegura que vivemos.

    Há alguns anos atrás ministrei uma Jornada Terapeutica cujo tema foi “A desestruturação da personalidade no século XXI”. Falei justamente sobre as diferentes “doenças ” que desequilibram o ser humano de hoje, seus sintomas e a causa dos mesmos. Você me deu uma boa idéia de resumi-la e colocar no blog. Obrigada pela sugestão.

  6. 27/08/08 Comentário recebido:
    Meu marido tem umas manias que, no começo não ligava, mas agora me irrito bastante. Por exemplo, limpo a casa a semana inteira e para ele não está bom. Ele acha que está suja e às vezes acabei de limpar e ele fala que estáta sujo. Ele tem uma preocupação excessiva para que as coisas fiquem super-organizadas. Por exemplo, nosso filho tem 2 anos e ele não aceita que o menino tire os carrinhos e brinquedos do lugar e espalhe pelo chão para brincar. Tem mania de passar a mão nos móveis para ver se esta empoeirado e faz isso várias vezes ao dia , às vezes uma após a outra. Ele tem também mania de achar que nosso filho sempre está doente; se por um acaso ele tossir, está ficando gripado, se espirrar, é alergia e assim por diante…
    Gostaria tambem de dizer que descobri que a mãe dele fazia algumas dessas coisas quando ele era pequeno, assim como passar mão nos móveis pra ver se a empregada limpou, falar que está tudo sujo, não gostar de nada fora do lugar…. será que isso influencia?
    Peço que me ajude, de-me alguma dica do que fazer, como agir por favor.

    Marilena responde:
    Há uma série de comportamentos que são aprendidos na infancia por simples observação.
    Quando adulto, muitas vezes repetimos esses comportamentos e nem sequer nos damos conta.
    Seu marido parece que repete tais comportamentos vistos na infancia.
    No entanto, mesmo tais comportamentos são resultado de ansiedade, podendo ser TOC ou não.
    Se com o passar do tempo isso começou a acontecer, talvez ele tenha passado por algum período de extrema ansiedade, o que tenha desencadeado esse comportamento.
    Em situações assim, onde isso passa a ter um efeito comprometedor na família, como esses exageros, o ideal seria uma terapia no sentido de gerenciar melhor essa ansiedade.
    Pois, em muitos casos o comportamento pode começar a se intensificar.

  7. 22/09/08 Comentário recebido:
    Tenho um problema e gostaria de perguntar se é TOC ?
    Qualquer coisa que eu penso, como, por exemplo, quando eu crescer quero ser bem rico… me pego esfregando uma mão na outra, mas é totalmente inconsciente, pareço um louco, isso seria TOC? O que poderia fazer para amenizar isso?

    Marilena responde:
    O mais indicado seria você procurar um psiquiatra para ver se existem outros sintomas referentes à TOC. O tratamento, no entanto, seria o de medicação + terapia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s