2 a 4 Anos: Chorando muito…

Recebemos inúmeros comentários sobre a fase de 2 a 4 anos de crianças e procuramos organizá-los para facilitar a consulta para quem possa se interessar. Esses são aqueles relacionados ao choro excessivo.

Consulte, também, “Adaptação na Escolinha” (<= Link).

Para mais informações sobre esta fase etária, veja os links a seguir:

“Mente de 2 a 4 anos”

  1. Criando Um Ambiente de Aprendizado…
  2. Comportamento, Disciplina, Agressividade
  3. Manias e Tiques
  4. Desenvolvimento (Fala/Vocabulário, Desenvolvimento Motor)
  5. Adaptação na Escolinha
  6. Timidez e Autoestima fragilizada
  7. Identificação sexual
  8. Sexualidade nesta fase?
  9. Amamentação nesta fase
  10. Difícil colocar para dormir
  11. Ciúmes de um dos pais
  12. Tão tranquilas que preocupam…
  13. Chorando muito…
  14. Medos…
  15. Alimentando-se pouco…
  16. Largando as fraldas...
  17. Preferência por um dos pais
  18. Largando a chupeta

Comentário por Dagmar – Setembro 2, 2008

Meu filho acabou de completar 4 anos e está numa fase que chora muito por qualquer motivo, não era de chorar, a professora ATÉ FALAVA QUE QUANDO ELE CHORAVA tinha que sair correndo que com certeza era grave… Como devo proceder???

Marilena responde:

Muitas vezes o choro sem causa aparente, é uma necessidade de atenção.

Você tem tido tempo para ficar com ele? Como anda sua atenção com ele?

Muitas vezes, também, a criança não consegue realizar alguma tarefa sozinho e percebe a cobrança da mãe ou decepção dela. Veja se isso tem acontecido.

Observar detalhes assim poderá lhe ajudar a entender melhor a reação dele.

About these ads

38 opiniões sobre “2 a 4 Anos: Chorando muito…

  1. Gostaria muito de uma orientação.
    Tenho um filho de 2 anos e 11 meses, que este ano foi para creche.Nos primeiros dias ele ficava muito bem, sem chorar, gosta muito dos novos amiguinhos e da professora. Mas depois do carnaval ele teve uma virose onde ficou infeccionado o ouvido e garganta, depois de sua cura total ele começou a não querer ir mais para creche, chora muito de perder o folego, e o dia todo ele tem momentos de muito choro, não se alimenta direito na creche, tudo que quer para conseguir grita muito (e antes ele não tinha este conportamento), está rebelde e teve uma regressão em relação a dormir sozinho, não quer mais dormir no seu quarto. Ele não tomava mamadeira de madrugada já um bom tempo e agora voltou a pedir, estou muito preocupada.

  2. Marilena responde:
    Seu filho sem dúvida não está gostando nada de estar na creche.
    Como foi a adaptação dele?
    Você ficou 30min com ele dentro da sala com ele no primeiro dia e depois no dia seguinte mais 20min e assim por diante durante TODA UMA SEMANA?
    Essa adaptação foi aos poucos respeitando tudo isso?
    O que é muito comum acontecer é uma adaptação feita às pressas e a criança começa, aparentemente, gostando, tendo que se conformar (o que não significa que esteja bem adaptada) e por qualquer motivo mais à frente, volta tudo.
    Ele pode até ter passado por uma adaptação razoável, mas não está gostando e ainda é cedo para ele ficar em creche.
    A idade de 2 anos não significa que qualquer criança está pronta a começar a escola.
    Cada criança é diferente e talvez seu filho com todo esse comportamento esteja exatamente tentando lhe dizer isso tudo.
    O melhor a fazer nesse caso, é deixá-lo em casa, se possível, pois forçá-lo a ficar na creche é uma agressão. Além dele não querer interagir, não se socializar e só danificar seu comportamento.
    Deixe-o ficar mais um tempo em casa e só mais tarde, no segundo semestre, recomece a adaptação aos poucos e vamos ver como ele se sai.
    Forçá-lo só irá piorar esse quadro. Essa não é a melhor maneira de ajudá-lo, tenha certeza!

    Retorno:
    Tambem acho que ele deveria ficar em casa, mas não tenho ninguém que possa ficar com ele, gostaria que você desse alguma sugestão de como ligar com este fato, já que a única alternativa é a creche, pois tenho que trabalhar.

    Marilena responde:
    Você deverá fazer uma nova adaptação e caso não tenha feito como abaixo, tente fazer aos pouco, pois, agora tudo depende dela.
    Não importa se ele já passou muito tempo na creche, o que importa é que AGORA ele não está mais se adaptando.
    Além disso, o problema não está em mudar de creche e sim no afastamento de você.
    Tente uma nova adaptação e leve essa proposta à escola.

  3. Obs.: Publicamos diretamente aqui, pois a resposta por e-mail retornou por erro de endereçamento.
    Oi, temos aqui na creche uma aluna de 2 anos que chora constante, desde o momento que chega até a hora da saída. Não almoça, não come nada o dia todo, e fica chamando a vovó e os pais o tempo todo. Observação, o choro é somente reclamação, não chora com lágrimas. Como devo orientar a professora de sala, quais estratégias devemos utilizar? Já chamamos a mãe e conversamos, mas não melhorou.

  4. Marilena responde:
    Tudo depende de como foi feita a adaptação dela na escola.
    A escola possui o processo de adaptação feita pela mãe durante a primeira semana?
    Leia no blog o artigo sobre “Adaptação na Escolinha”.
    Caso ela não tenha passado por isso a mãe deverá fazer o processo de adaptação com ela ou será inútil qualquer movimento seu ou da escola, ou da mãe, ou de qualquer outra pessoa.
    O processo adaptativo é essencial para que situações assim não ocorram.
    Verifique isso.

  5. Estou precisando de ajuda. Meu filho tem 4 anos e não quer ficar na escola. Chora o tempo todo. O que fazer?
    Obs.: Publicamos diretamente aqui, pois a resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.

  6. Marilena responde:
    Você não diz se ele está nessa escolinha pela primeira vez e se está, como foi a adaptação dele.
    Leia o artigo nesse blog sobre Adaptação na Escolinha. Ela é fundamental para a criança ficar bem na escola.
    Retorne depois.

  7. 02/04/2010 Comentário recebido:
    Obs.: Estamos publicando diretamente aqui, pois a resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.
    Olá, meu filho tem 8 anos e esta chorando muito no colégio. Está ficando muito atrasado para copiar a matéria, às vezes não quer ir ao colégio. Acho que é por causa do neném de 7 meses. Tento dar o máximo de atenção e faço bastante coisa para agradá-lo (na medida do possível), mas, também, cobro (escovar os dentes que não quer, tomar banho, etc). Sinto, também, dizer que um tempo atrás ele foi molestado pelo professor de música dele, mas como não tenho como provar nada, não o denunciei. Gostaria que vocês me dessem uma luz em como agir com ele e como faço para denunciar o professor, também, pois não quero que ele saia impune, mas, também, não tenho provas contra ele, apenas a minha palavra e do meu filho.
    Obrigada e espero ansiosa a resposta de vocês.

    Marilena responde:
    No caso de suspeita de abuso, você deverá buscar uma psicóloga infantil para que ela tenha algumas sessões com seu filho e através de testes, etc… ela poderá identificar isso.
    A escola poderá ter algum profissional que já atenda as crianças da escola e, se não tiver, poderá indicar algum profissional nessa área.

    Isso poderá ter afetado o comportamento dele, mas o nascimento do bebe, também, é sempre um agravante no comportamento do filho mais velho.

    Mas verifique tudo isso com a psicóloga infantil que irá orientar você melhor.

  8. 16/05/2010 Comentário recebido:
    Minha filha tem quatro anos e é muito nervosa e chorona, estou preocupada. como posso ajudá-la?

    Marilena responde:
    Se ela chora porque tenta fazer alguma coisa e não consegue, você deverá ajudá-la.
    Isso é comum nessa idade, pois a criança ainda não tem controle motor suficiente para fazer tudo.
    Se ela quiser pegar algo perigoso e chora porque você não o dá, então é apenas frustração. O NÃO deverá ser mantido quando em situações assim.
    Retire, no entanto, tudo o que for perigoso e o que ela não pode pegar evitando banalizar o NÃO.
    É super normal ela ter curiosidade para pegar tudo o que vê e você deve ajudá-la nesse sentido, retirando do alcance dela o que for perigoso.

    18/05/2010 Retorno recebido:
    Ela chora muito e fica nervosa se não consegue algo ou fazer algo, será que isto é birra? Se for como devo agir com ela, pois detesto birras.

    Marilena responde:
    Nessa idade, o humor varia muito e eles estão entre sempre altos e baixos.
    Verifique se ela fica nervosa quando não consegue o que quer.
    Há uma diferença entre o nervoso propriamente dito e a birra e cena que a criança faz quando é contrariada.
    A leitura recomendada no blog da coleção Imago (clique no link) separada por idade é muito útil e ajudará você. Compre se puder, o volume referente à idade dele.

  9. 09/08/2010 Comentário recebido (G.C.B.)
    Tenho duas filhas, uma de 3 e 8 meses e outra de 2 anos e 2 meses (adotei-a ela com 1 ano e quatro meses).
    Para a menor é só falar um “NÃO” para ela que ela não aceita: se joga no chão, chora sem parar por mais de 50 minutos sem parar e não aceita nenhum tipo de carinho ela é muito nervosa.
    Fico assustada com essas reações dela. Nossa!!! Nós damos tanto carinho e amor para para ela (ela é muito nervosa).
    Tento conversar com ela e explicar a situação, mas ela não aceita.
    Eu falei para chorar só quando cair ou se alguém bater nela, mas não tem jeito. Qualquer “NÃO”, é um choro só. Em umas dessas crises de dizer “NÃO”, ela não aceita nenhum tipo de carinho. Quando ela está assim a gente tenta consolá-la para ela parar de chorar, não deixando, lógico, ela fazer o que ela queria. Mas, ela empurra a gente, não se distraí com nada até passar essa crise (é difícil…).
    Será que é uma fase? Preciso dá sua orientação, como agir.

    Marilena responde:
    Crianças, nessa idade, de maneira geral, usam o choro para conseguirem o que querem junto aos pais
    Deixar chorar faz parte do aprendizado e igualmente da disciplina. Consolar nesse momento, como você mesma relata, não adianta muito e você pode deixar que ela chore até parar.
    Crianças aprendem por associação e ela com o tempo irá entender que o choro não trará de volta a permissão para fazer o que quer.
    A leitura recomendada no blog da Coleção Imago (<=link), separada por idade, é muito útil e ajudará você.

  10. Entrei neste site por acaso e fiquei encantada com tanta informação, pois tenho uma filha de 2 anos e 9 meses e amei os assuntos e as suas respostas.

  11. 10/10/2010 Comentário recebido:
    Meu filho de 9 meses está na creche desde os 4 meses, e ainda chora muito, para só quando dorme e quando come, ele não tem nenhum problema de saúde, pq qd qualquer pessoa o pega no colo ele para, o q devemos fazer pra q ele n sofra tanto ao estar lá?

    Marilena responde:
    Infelizmente, não há muito o que fazer com seu filho, pois ele foi muito novinho para a creche e irá sofrer com essa separação.
    O bebê precisa muitíssimo da mãe, nesse período e depois, também, nos primeiros anos para que tenha um desenvolvimento emocional saudável e equilibrado. Para isso é fundamental a ligação com a mãe, a presença dela e o contato físico permanente.
    A amamentação (já se sabe por pesquisas e estudos) que é o vínculo pelo qual a criança começa a construir sua confiança, segurança e auto-estima.
    Seu filho chora com toda a razão e tem, portanto, um comportamento super normal em função desse afastamento.
    O melhor seria se você pudesse deixá-lo com alguém em casa (talvez uma avó ou alguém de confiança) para que o vínculo do contato físico pudesse ser restabelecido.
    Leia no blog o artigo sobre “Tempo com Filhos”.

  12. Coloquei minha finha com 2 anos e 11 meses na escolinha (em setembro de 2010). Nos 4 primeiros dias foi para escola amando, no 5º dia chegou em casa super irritada a tarde toda, porque um colega dela puxou o cabelo e outro mordeu e a professora não fez nada e ela dizia que a professora é ruim e não fez o colega pedi desculpa e só pedia p/ ela parar de chorar. No mesmo dia, ela ficou doente (gripe) e passou a ter uma regressão urinando nas calças (só em casa, nos lugares fora não). Depois de uns 5 dias sem ir para a escola melhorou um pouco. Voltei a levar p/ escola depois de uns 10 dias deixei ela forçada na escola chorando muito, ela não quis, pois estava com medo. No outro dia, ela não quis ficar na escola eu não aguentei e trouxe a de volta p/ casa. Cancelei a matricula, desde então ela ficou indo ao médico, pois ficou doente de novo com garganta infeccionada. Está urinando nas calças de vez enquanto e tenho que sempre estimular a levar p/ o banheiro p/ evitar que faça nas calças e chega lá quer que eu tire as calcinhas e coloque. O pediatra dela fala que houve uma regressão (dependência), mas eu não entendi essa regressão. Agora não sei se coloco em outra escola ou continuo na mesma no ano (2011) que vem. A forma de adaptação é a mesma p/ ambas ou seja é reduzido as horas p/ as crianças. Já fui em varias escolas todas são da mesma forma. Por ela ter ficado com medo da escola que estava seria interessante continuar no proximo ano na mesma escola p/ enfrentar o medo ou realmente mudar de escola que é outro ambiente. Pode ter trazido alguma consequencia p/ ela ou a gente pode mudar isso e como, de que forma? Pois acho que somos pais muito cuidadoso com ela. Há esses dois dias ela está apresentando este comportamento: ao iniciar uma frase a 1º letra ela repete a letra. Não é direto, apenas uma vez ou outra. Seria a fase dela ou temos que preocupar?

  13. Marilena responde:

    Realmente, sua filha iniciou o processo da escolinha muito cedo.
    Primeiro, a criança não deve ir para a escola nessa ainda, pois não existe socialização. Você mesma viu, que tanto isso não existe e que as crianças só sabem puxar cabelo, morder, etc…
    O ideal é que a criança vá para a escola por volta dos 3 anos ou mais.
    Assim mesmo, deve haver o processo de adaptação. Leia no blog o artigo sobre “Adaptação na Escolinha” (<=link).

    Essa regressão, significa que ela voltou ao tempo quanto tinha perto de 1 anos, por exemplo, "esquecendo" do que já havia aprendido. Isso piorou quando você a forçou a permanecer na escola, deixando-a chorando o tempo todo. Isso só fez piorar a condição emocional dela.

    O MELHOR a fazer é deixá-la EM CASA COM VOCÊ para que ele recupere a confiança emocional.
    Lembrando que nessa idade, ela ainda precisa muito de sua companhia para que tenha um desenvolvimento emocional saudável e equilibrado.
    Brinque bastante com ela quando estiverem juntas, leia estórias com livrinho interessante, com ela sentado no seu colo, passe tempo com ela e vá ensinando COM CALMA tudo de novo, como usar o peniquinho, etc…

    Caso ela demore, não se preocupe e respeite o tempo dela para se recuperar de tudo isso.
    Não se preocupe com a escola, pois ela poderá esperar ainda um tempo e nem por isso se tornará menos inteligente!
    Fique com ela em casa e pense na escola somente no segundo semestre no ano que vem. Ela precisará desse tempo!
    Acima de tudo, tenha muita paciência com ela pois ela precisa de colo e de sua proteção.

  14. Tenho uma filha com 2 anos e chora muito por qualquer motivo, principalmente, quando falo não. Se joga no chão e faz muita birra. Já experimentei deixar chorando uns 40 minutos, conversar, mas não adiantou só para quando consegue o que quer. Por favor preciso de sua ajuda.

  15. Marilena responde:
    Parar de chorar somente quando “consegue o que quer” não é a melhor saída para um aprendizado à frustração.

    Fazer birra, nessa idade, é super normal e é exatamente nesse momento que a disciplina começa.

    Deixar sua filha chorar porque ela não pode pegar determinado objeto, por exemplo. é normal e precisa somente de firmeza da sua parte. Quanto mais você ceder, mais ela saberá que poderá fazer birra para conseguir as coisas.

    Firmeza e consistência de sua parte são fundamentais para uma boa construção emocional de sua filha.

    Leia depois no blog o artigo sobre “Comportamento/Disciplina” (<=link)

  16. 14/02/2011 Comentário recebido:
    Minha filha de 3 anos está em uma creche desde os 5 meses. Mas, desde janeiro quando houve mudança de professora ela fica chorando. Só fica sem chorar se a coordenadora, professor de natação ou as professoras do ano passado ficarem com ela. Mesmo que algum amiguinho esteja presente, não tem jeito ela sempre chora. Não sei o que fazer, deixo chorando? Fico até que pare, não sei o que fazer.

    Marilena responde:
    Crianças, nessa idade, são muito sensívels à qualquer mudança. No entanto, é nessa idade que a criança percebe muito mais o que ocorre ao seu redor. Antes, é praticamente impossível perceber o que acontece e elas simplesmente se acomodam ao que acontecem sem poderem reagir.

    Sua filha tem “reagido” à maneira dela pela mudança da professora e, talvez, também, pelo cansaço e já da percepção de sentir que está sozinha. Parece que a antiga professora lhe dava a sensação de ser o adulto que a protegia.
    Ela foi muito novinha para a creche e ficar longe de você, deve tê-la levado a substituir a figura da mãe, você, pela professora ou professoras ao redor dela.

    Lembrando que o ideal é que a criança comece na escola somente por volta dos 3 anos, pois antes disso ela precisa da companhia da mãe para que tenha um desenvolvimento emocional saudável e equilibrado.

    O melhor a fazer é conversar na escola e iniciar de novo o processo da adaptação com ela, mesmo ela já estando tanto tempo na escola. Seria uma tentativa de “resgate” seu, já que ficou uma lacuna nesse processo; e bastante grande, pois ela foi muito cedo pra creche.

    Leia depois no blog o artigo sobre “Adaptação na Escolinha” (<=link) e siga-o corretamente. Essa seria a única alternativa.

  17. 28/02/2011 Comentário recebido:
    Minha filha, desde que veio até nós, sempre foi muito chorona. Adotamos-a com 4 dias e ela chorava muito, mais muito mesmo. Nada parava. O médico falou que podia ser rejeição, mais hj ela tem 4 anos e muito amor. Ela é teimosa, anda agressiva com a gente, joga tudo longe, se estressa por qualquer coisa, vive inventando doença.Desde que ela veio não teve um dia que ela não chorou. Já fizemos de tudo. Colocamos na escolinha, cantinho disciplina, mas nada adiantou me ajude.

    Marilena responde:
    Seria conveniente que você buscasse uma psicóloga infantil para que ela pudesse melhor orientar você.
    Procure na escola dela alguma indicação, pois geralmente eles tem profissionais que já atuam juntamente com a escola.

  18. 20/07/2011 Comentário recebido:
    Olá, tenho um filho de dois anos. Ele é muito chorão, chora pra dormir,pra sair do banho ou quando ouve “não”. Sou uma mãe carinhosa e quanto mais eu falo com ele pra acalmar, ele mais chora. Cheguei até perder a cabeça com ele e acabei dando umas palmadinhas. Só assim ele acalmou. Mas, tenho medo de passar da conta. Ele é muito nervoso, grita, esperneia e se dá tapa nele mesmo. Quando saio do sério ele baixa a bola. Tenho medo de estar fazendo tudo errado, pois esses dias eu estava chorando e ele me bateu pra mim parar de chorar, fiquei assustada.

    Marilena responde:
    Essa é a idade típica em que a criança usa o choro para dormir, tomar banho, pentear o cabelo, vestir roupa, etc…
    No entanto, crianças são altamente influenciáveis e você poderá conduzi-lo para que ele faça essas atividades.

    Escolha algum bichinho de borracha, que possa ir ao banho com ele, ou algum boneco, e diga que ele irá ensinar o boneco a tomar banho. Lembrando que tudo que é feito com crianças deve ser “levado” dessa maneira, com estímulos e empolgação.
    Para colocar roupa, idem. Deixe sempre um boneco ou bichinho perto dele e diga que ele irá ensinar o boneco a trocar de roupa.
    Converse você com o boneco e diga que o boneco irá aprender com seu filho, etc…
    Esse “teatro” irá valorizar cada tarefa que seu filho precise fazer.

    No entanto, se a manha persistir em alguns momentos, deixe que ele chore num canto sozinho por um tempo.
    Lembrando que o choro é usado nessa idade pois a falta do vocabulário ainda é inexistente.
    Tenha calma pois trata-se de uma fase.

    A leitura recomendada no blog da Coleção Imago (<=link), separada por idade, é muito útil e ajudará você.

  19. Obs.: Publicamos diretamente aqui, pois a resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.
    Meu filho tem 3 anos e 3 meses e por tudo ele chora,ele pode ta brincando…mais de repente ele chora. E pergunto porque o choro e ele diz: “nada”,por tudo ele chora…

  20. Marilena responde:

    Essa é uma característica da criança dessa idade, a oscilação de humor e instabilidade emocional.
    Verifique, no entanto, se você tem passado bastante tempo com ele, pois algumas vezes o choro (sem motivo aparente) é um chamado de socorro e pedido de companhia da mãe.

  21. 23/09/2011 Comentário recebido:
    Meu nome é D. Tenho uma filha de 2 anos. Ela anda chorando muito, às vezes, penso que está com uma dor ou coisa assim, mas o problema que isto tbm ocorre na creche e começou a poucos dias não posso dizer que é pq não se acostumou, pois está na creche deste os 3 meses, então o que posso fazer, pois além do choro grita muito, se joga no chão, está agressiva e não sei o que fazer. Preciso de uma orientação.

    Marilena responde:
    Sua filha foi muito novinha para a creche. O que geralmente acontece, é que quando a criança vai muito para a creche, não tem como reclamar. Apenas se acomoda, mas isso não signifique que está adaptada. Afinal, com apenas alguns meses a criança nem tem como se expressar.

    Somente mais tarde, perto da idade de sua filha, a criança começa a entender mais o que se passa com ela, ou seja, o tempo que passa longe da mãe. Nessa idade, a criança precisa muito da presença da mãe para que tenha um desenvolvimento emocional saudável e equilibrado.

    Se ela fica o dia todo longe de você, o que se passa com ela, então, é super normal.
    Se a agressividade está sendo com você, então isso demonstra mais ainda que realmente esse se ressente de sua ausência e nem sabe como expressar isso; somente através do comportamento.

    Se você trabalha o dia todo e não tem como resolver isso, infelizmente, terá que tentar investir nos seus momentos à noite, ficando bastante tempo com ela. Brinque com ela bastante, leia estorinhas, etc….

    Leia (links):
    Tempo com Filhos e Depoimento de uma Mãe.

    Recomendo a leitura da Coleção Imago (<=link), separada por idade, é muito útil e ajudará você.

  22. 11/10/2011 Comentário recebido:
    Boa tarde tenho uma filha de 2 anos e 9 meses, ela vai À escolinha desde 1a no e meio, mas somente meio período, agora em setembro começou em período integral pois eu e meu marido trabalhamos o dia todo, (não tenho outra alternativa) E de uns dias pra cá ela chora muito, mas muito mesmo e sem motivo aparente cada vez é uma coisinha que ela se apega pra chorar, chega em casa chorando, vai dormir chorando, acorda chorando e as vezes até acorda no meio da noite e chora muito. Não sabemos mais o que fazer, já ignorei deixei chorar sozinha, já bati, já gritei, já agradei, já coloquei de castigo…. enfim… nada resolve, nos ajude por favor…

    Marilena responde:
    Sua filha está tendo um comportamento perfeitamente normal e esperado dentro da situação que ela está vivendo.

    O fato de ter começado na escola muito cedo, quando o ideal é que a criança comece somente por volta dos 3 anos e assim mesmo por meio período e, agora, ficar no período integral, só a faz sentir-se dessa maneira.

    Se você tem de fato de trabalhar e não há outra alternativa, infelizmente, não há muito consolo para ela, pois, geralmente, a criança que fica o dia todo na escola, nessa idade, sente-se “abandonada”.

    Lembrando que, nessa idade, a criança precisa muito da companhia da mãe para que tenha um desenvolvimento emocional saudável e equilbrado.

    Leia no blog o artigo (link): Tempo com os filhos

    Invista o máximo que possa no seu tempo livre com ela, pois o comportamento dela reflete a lacuna que existe entre você e ela.

    Veja a possibilidade de você adiar seu trabalho para ficar com ela, pois a personalidade se forma até os 3 anos e ela está bem perto disso. Autoestima e autoconfiança são traços que são desenvolvidos desde muito cedo e acontecem a partir do vínculo forte com a mãe, quando existe tempo, afeto e investimento emocional intenso, especialmente nessa primeira infância.

  23. 16/03/2012 Comentário recebido:
    OBS.: A resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.
    Olá, minha filha de 2 e 4 meses esta bem adaptada na escola e adora a professora e as brincadeiras, porém, quando vou buscá-la à tarde ela sempre vem muito manhosa mesmo que durma um pouquinho durante a tarde. Qualquer coisa é motivo para choro, não quer ir pra casa, não quer tomar banho, só quer comer bolacha, chocolate (coisas que ela nunca pedia antes, sempre teve uma alimentação bem tranquila), e mesmo que eu repreenda e coloque no “cantinho da disciplina” o choro e a gritaria permanece. Estou mt preocupada, meu marido esta perdendo a paciência fácil e eu tbm já perdi algumas vezes… não sei o que fazer…

    Marilena responde:
    Mesmo com uma boa adaptação essa não é a idade ideal de uma criança iniciar na escola.

    Você não relata se fez o processo de adaptação com ela.
    Leia o artigo (link) Adaptação na Escolinha .
    Quando ele não é feito, a criança aparentemente fica bem na escola, mas logo depois começa a apresentar problemas como os de sua filha.

    O ideal é que a criança comece na escola somente por volta dos 3 anos ou mesmo até 3 anos e meio e, assim mesmo, por meio período e fazendo todo o processo de adaptação (link: Adaptação na Escolinha ). Isso porque aos 2 anos, NÃO existe socialização, por isso são tão comuns as mordidas, brigas, tapas e puxões de cabelo, nessa faixa etária.

    A socialização começa A PARTIR dos 2 anos e irá se estabelecer POR VOLTA dos 3 anos variando mesmo assim entre crianças.
    Por isso comportamentos agressivos são perfeitamente normais e acontecem com frequência.
    O mais importante, nesta idade, é que a criança fique na companhia da mãe para que tenha um desenvolvimento emocional saudável e equilibrado. É a fase do fortalecimento do vínculo emocional com a mãe, importantíssimo para a vida futura.

    Verifique se existe necessidade real de sua filha começar na escola agora ou se ela poderá esperar ate o ano que vem, mesmo porque a saída dela da escola nessa idade, não irá em absoluto prejudicar ou interferir no desenvolvimento dela.
    Avalie tudo isso.

    Leia o artigo (link) Tempo com os filhos.

    Recomendo a leitura dos livros da Coleção Imago (<=link), separada por idade. É muito útil e ajudará você.

  24. Olá, minha filha está na escola desde o ano passado quando ela estava com 2 anos e 8 meses e nunca chorou quando a deixava, pelo contrario, chorava quando não ia, pois meu outro filho estuda na mesma escola. Esse ano no inicio das aulas correu tudo bem , depois de 10 dias ela começou a chorar quando a deixo. Não consigo entender o que está acontecendo, pois, ela sai de casa super animada e quando chega a hora de deixá-la é o maior choro. Já fiz combinados, e nada adiantou? Ela está com 3 anos e 9 meses, e fico com ela no periodo da manhã? Como devo proceder?

  25. Marilena responde:
    Talvez a adaptação, este ano, não tenha sido muito bem feita.

    Você não relata se houve mudança de professora, pois para a criança, qualquer mudança é complicada. Cabe à professora, no entanto, cativar a criança nesse momento para estimulá-la a gostar da escola.

    Converse com a professora sobre isso, pois “combinar” com criança, nessa idade, realmente não funciona, uma vez que a criança não entende do que se trata.

    Recomendo a leitura dos livros da Coleção Imago (<=link), separada por idade. É muito útil e ajudará você.

  26. minha filha sempre foi chorona, ñ sei o que fazer, por favor mandimin um sinal.

  27. Marilena responde:
    O choro é sempre um sinal ou pedido de socorro.
    Verifique, primeiramente, se está tudo bem fisicamente com ela.
    Converse com o pediatra, pois muitas vezes a criança sente uma leve dor de ouvido, por exemplo, e qualquer coisa que encoste nela pode fazer com que ela chore…
    Algumas crianças precisam de companhia da mãe sempre, pois se sentem meio abandonadas quando estão sozinhas.
    Verifique tudo isso, mas converse antes com o pediatra.

  28. Obs.: Publicamos aqui porque o e-mail resposta voltou por erro de endereço.
    Minha neta tem 2 anos é muito agressiva quando a gente pega ela no colo pra acariciar ela dá tapas e cospe, morde. Não sei o que fazer, pois nunca bati nela. Ela sempre esteve aos meus cuidados, só neste ano ela veio conviver mais com a mãe dela. Ela passa as manhãs comigo e as tardes e noites com a mãe. O que devemos fazer?

  29. Marilena responde:
    Sua neta tem um comportamento perfeitamente normal para a idade dela.
    Essa é a idade dos tapas, das mordidas, puxões de cabelo, etc…

    A criança, nessa idade, ainda precisa muitíssimo da presença da mãe e outros adultos, mesmo o pai, ficam em segundo plano e são rejeitados pela criança. Isso independe, totalmente, de como você a trata. Esse comportamento faz parte da característica da criança dessa idade.

    Leia o artigo (link) A Mente de 2 a 4 anos.

    Recomendo a leitura dos livros da Coleção Imago (<=link), separada por idade. É muito útil e ajudará você.

  30. Obs.: Estamos publicando aqui, pois a resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.
    minha filha de 2 anos e nove meses tem acordado de madrugada muito nervosa gritando não deixa ninguem colocar a mão nela para acalma-la tem acontecido muito pelas 4 horas da madrugada estou desesperada ja li que pode ser terror noturno por favor me ajude estou com muito medo de ser uma coisa seria

  31. Marilena responde:
    Verifique, primeiramente, se ela tem dormido com muita roupa e se o quarto tem ficado pouco ventilado. Lugares muito abafados provocam falta de ar e pesadelos. Verifique tudo isso.

  32. Olá! minha filha tem 3 anos e 1 mês, etá frequentando escolinha a 1 mês e somente meio período. Não foi feito o processo de adaptação pois não consegui conciliar os horários do meu trabalho. Nos primeiros dias, segundo a professora, ela chorou pouco. Porém depois que começou a ir para a escola ela ficou agressiva demais, chora muito quando está em casa comigo, grita, faz birra por tudo, pede colo, faz xixi na roupa, bate em mim, belisca, e faz só comigo, com o pai ela fica bem. Antes de começar a frequentar escola quem cuidava dela era a tia sometne por meio período. Ela chora pedindo pra eu não levar ela na escola e pede pra ficar com a tia. Fico angustiada sem saber o que fazer, pois gostaria que ela convivesse com crianças da mesma idade. Ao mesmo tempo sinto que ela quer atenção minha, ou o carinho da tia que era só dela. Será que estou errada? É ruim eu tirar ela da escola adiar para o ano que vem e deixar ela novamente com a tia? To sofrendo muito com isso. Obrigada

  33. Marilena responde:
    Quando o processo de adaptação não é feito, a criança sofre e seria essencial que você fizesse o processo de adaptação com ela. As consequências são inevitáveis caso ele não seja feito corretamente e pela mãe.

    A agressão é sempre dirigida a você, pois a criança se sente “abandonada” pela mãe.

    O melhor seria que você retirasse sua filha da escola e retornasse com ela bem mais tarde, mas procurando uma escola que tenha esse processo ou sua filha terá os mesmos problemas.

    Leia (link) Adaptação na Escolinha .

  34. 13/03/2013 Comentário recebido:
    Meu filho tem 2 aninhos começou ir para creche esse ano em tempo integral. Chorou nos primeiros dias. Agora, começou a ir com o transporte escolar, chora um poquinho mas logo para. Até aí tudo bem, mas quando chega em casa meu pai do céuu… não para mais de chorar e de fazer manhas … o q devemos fazer???

    Marilena responde:
    Seu filho começou muito cedo na escola, quando o ideal é que a criança comece somente POR VOLTA dos 3 anos ou mesmo mais e, mesmo assim, em meio período.
    Além disso é fundamental que seja feito o processo de adaptação na escolinha.
    Leia os artigos Tempo com Filhos e Adaptação na Escolinha.
    Verifique a necessidade real dele ter de ir para creche tão novinho.

  35. Obs.: Estamos publicando diretamente aqui, pois a resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.

    oi tenho uma filha de 4 anos é 10 meses, ultimamente ele esta muito birrrenta,chora por qualque coisa, é morre de ciumes do meu sobrinhos de 1 ano é 6 meses. ele grita muito , tem crises de gritos é fica esperniando muito chora tanto que no dia seguinte ela amnheceu com febre, é agora não esta querendo comer, ou melhor só come o que quer, é quando quer.

  36. Marilena responde:
    Você não relata o tipo de disciplina que usa com ela.

    Caso as birras sejam infundadas é o momento de você usar a disciplina.
    Leia o artigo Disciplina e use nesses momentos.
    Link: Comportamento, Disciplina, Agressividade

    Lembrando que essa é a idade da criança aprender a lidar com a frustração e isso é importante, pois crianças que não aprendem a lidar com isso, se tornam adultos infantilizados.
    Recomendo a leitura dos livros da Coleção Imago (<=link), separada por idade. É muito útil e ajudará você.

  37. Publicamos diretamente aqui, pois a resposta enviada por e-mail retornou por erro de endereço.
    hoje fiquei com minha sublinha por 12hs
    nossaaaaaa nao aguentei.
    ela chora demais e pior so quer braço
    nao sei como minha irma aguenta. enfim a bb so tem 7meses oq dvemos fzee?r

  38. Marilena responde:
    Nessa idade, a criança geralmente dorme muito mas deve aprender a dormir sozinha no berço e não no colo, a menos que tenha alguma cólica, por exemplo.

    Se ela chora muito, o melhor é marcar com o pediatra para ver se está tudo bem com ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s