Natal (Sugestão)

DuasJoaninhas

Este artigo/post, diferentemente de usuais, é apenas uma sugestão.

Há muita literatura infantil, atualmente. Algumas muito boas, outras nem tanto. Como sempre pontuo, crianças aprendem por observação e você pode facilmente fazer com que ela se interesse ou não pela leitura.

Desde cedo, você pode introduzir seu filho no universo literário ou deixar que ele apenas se interesse anos mais tarde… ou, simplesmente, ache a leitura enfadonha, desinteressante e com pouco a acrescentar.
Hora de mudar! Acolha a leitura saudável, bem escrita, com conteúdo interessante, estimulante e que seja um motor propulsor para a continuidade desse hábito.
Aqui vai minha sugestão dentre tantos livros infantis.

Você poderá ler para seu filho ou se ele já o faz, deixe que ele descubra por si só o maravilhosos mundo da fantasia através dessa leitura.

“DUAS JOANINHAS”  de Carmen Abranches Henriques faz esse trabalho deslumbrante e encantador tanto para o adulto que lê para a criança como para a própria criança já alfabetizada, que descobre através dele o encanto da aventura, dos desafios e da exploração. Além disso, ele antecedeu ao livro Jardim Secreto (aquele com desenhos para colorir destinado a adultos). Em cada capítulo ele traz um desenho inacabado e simples, que favorece a criança a terminá-lo a colorir.

Como este Blog apóia a Visão Mundial que ajuda crianças em risco social, fazendo um trabalho há 40 anos aqui no Brasil e há 60 anos lá fora, a autora doou os direitos autorais à essa organização, para projetos voltados para práticas leitoras.

Juntando esses fatores, indico a você um belo e alternativo presente de Natal.
para conseguir o livro e boa leitura!
No Facebook: Duas Joaninhas
Feliz Natal!

A Mente dos 7 a 8 anos

Nesta fase, a criança ainda não está pronta para pensar sobre hipóteses. Portanto, é comum a mãe dizer: “Não faça isso ou vai acontecer tal coisa”. É difícil para ela entender, e muito comum, a situação acabar com a famosa frase: “Eu não disse?”

Refira o passado para dar os exemplos, lembrando-a do que aconteceu anteriormente. Pensar sobre o passado é mais fácil para a criança. Continuar lendo

Proteja seu Filho

MaosDadas

A criança acorda toda manhã, pega sua mantinha e vai para o quarto dos pais 
dormir mais um pouco com eles.
Os pais compram um beliche, a criança acorda na parte de cima, desce a
 escada de meias e carregando, de novo, sua mantinha. Atrapalha-se na descida
 com a manta enrolada pelos pés, escorrega e cai no chão, quebrando o braço 
ou…. coisa pior.
 Os pais dizem: “Falei para você  DESCER COM CUIDADO! Viu o que você fez?”

Transferências erradas de responsabilidades!!!

Outra cena… Lugar cheio de gente e os pais dizem: “Não saia de perto de 
mim, não largue minha mão, não fique longe de mim.
 A criança, num segundo qualquer, se distancia e se perde. 
Quando a encontram os pais dizem: “Não falei para VOCÊ não largar minha mão? 
Não avisei? Por que VOCÊ fez isso?”.
 Novamente, transferência errada de responsabilidade. Continuar lendo

2 a 4 Anos: Preferência por um dos pais

Recebemos inúmeras perguntas sobre a (veja link =>) fase de 2 a 4 anos de crianças e procuramos organizá-los para facilitar a consulta para quem possa se interessar. Essas são aquelas perguntas relacionadas à preferência da criança por um dos pais.
Geralmente, esta preferência é pela mãe. Neste caso, o pai se sente rejeitado, mas deve entender que é uma fase, que passa.

Nos anos 90, um programa de televisão explorou este fato, a “Família Dinossauro” (link : Clip no Youtube).

Para mais informações sobre esta fase etária, veja os links a seguir:

Continuar lendo

Tempo com os filhos

Tempo para os filhos

Tempo para os filhos

Filhos que estão na escola meio período e quando chegam, não podem ficar em casa com empregada e se atiram em diversas atividades. Além da escola, têm aula de natação, computação, judô, etc…. etc….
Esse é o quadro que temos hoje. Comum, sem dúvida, mas eficiente? Terão consequências ou já as têm que talvez nem estejam sendo identificadas pelos pais?

Continuar lendo