Sadismo

O sádico é aquele que sente prazer em impor sofrimento à outra pessoa ou que se deleita com o sofrimento do outro.

Muitas vezes, são pessoas que foram lesadas, boicotadas nos seus desejos e “descontam” no próximo. Continuar lendo

Anúncios

Masoquismo

O que será que leva uma pessoa aparentemente estável em suas relações, em sua vida profissional, econômica, etc… alimentar pensamentos ou atitudes que a deixam infeliz?

Parecer infeliz aos olhos dos outros muitas vezes traz seu ganho, colocando-a em destaque…

Sentir-se prejudicada e ao mesmo tempo persistir numa situação que traz infortúnio é difícil de entender.

Continuar lendo

Identificação Sexual

A criança começa seu processo de aprendizado através primeiramente pela observação e depois pela imitação dessa observação. Por isso mesmo, tarefas como: escovar os dentes, pentear o cabelo, calçar uma meia, jogar lixo na lixeira, etc….. são feitas através dessa observação.

A identificação sexual, também, começa por essa observação no período dos 6, 7 anos. Ela começa a se espelhar na pessoa do mesmo sexo onde se identifica ao longo dessa observação. As meninas observam a mãe e passam a copiar

Continuar lendo

2 a 4 Anos: Sexualidade nesta fase?

A criança JAMAIS deve ficar sozinha ou com outras crianças, sejam parentes ou amigos, sem uma supervisão de um adulto de confiança.

Caso algo não previsto aconteça, converse com a criança e diga que o corpo dela “não é um brinquedo” (ela saberá entender isto) para que ela não se toque mais, queira tocar em alguém, ou permita que alguém o faça nela. Além disso, a criança poderá inclusive se machucar, em algum momento, pois o pênis, a vagina ou o ânus são locais bastante sensíveis.

Seja firme, nesse momento, pois para uma criança, bastam apenas duas repetições para que um comportamento se configure num hábito. Portanto, intervenha logo da primeira vez, em que a criança esfregue a genitália em alguém, em algum brinquedo ou objeto, distraindo-a em outra atividade.

Procure evitar que essas situações se repitam, pois como é uma área muito sensível, ela poderá se machucar.

Conforme a situação verifique se existe alguma irritação no local. Uma conversa com o pediatra sobre isso pode ser válido, também.

Sempre que possível busque proporcionar​ momentos em que a criança frequente espaços abertos e amplos para que possa correr, gastar a energia que tem e chegar mais cansada em casa. Crianças, dessa idade, precisam disso pelo menos 3 vezes na semana.

Fique sempre vigilante e nem deixe que ela comece com comportamentos inadequados. Busque distrair a criança.

Crianças aprendem por observação e imitação. As crianças podem ter visto algo na TV, na escola ou em outra situação.

Caso aconteça, na escola ou em outros ambientes, é importante que você converse com adultos responsáveis, pois todos precisam ficar atentos.

JAMAIS deixe crianças sozinhas!

Recebemos inúmeros comentários sobre a fase de 2 a 4 anos de crianças (<=link) e procuramos organizá-los para facilitar a consulta para quem possa se interessar. Esses são aqueles relacionados à sexualidade nesta fase.

Talvez, lhe interesse este outro artigo: “Identificação Sexual” (<=clique no link)

Para mais informações sobre esta fase etária, veja os links a seguir:

Continuar lendo

Intimidade Sexual no Casamento

Muitas pessoas pensam que basta estarem casadas para que a intimidade sexual seja completa e franca. Depois de alguns meses ou anos de casamento, percebem que não é bem assim. Aquilo que parecia ser fácil e que poderia vir com naturalidade, de repente, estancou e não houve mais progresso.

A espontaneidade de falar sobre determinados pontos dessa intimidade torna-se difícil para alguns casais.
Devemos pensar, no entanto, que da mesma maneira que desenvolvemos uma certa intimidade nas amizades e relacionamentos, também o fazemos na área sexual. Ou seja, a conversa, as confidências e o toque são fundamentais. Mas, uma das maiores dificuldades é a abordagem do assunto. Continuar lendo